6 de julho de 2006

Algumas poesias minhas, inéditas, podem ser lidas no site do Antonio Miranda.

Nenhum comentário: