7 de fevereiro de 2006

Sabe-se que Cormac McCarthy teve uma vida pobre, tanto economicamente quanto literariamente. Não é de se estranhar que o escritor não considere Henry James e Marcel Proust literatura. Primeiro, ele está querendo aparecer (aparecer vende livro) e segundo ELE está sendo honesto. ELE não considera James e Proust literatura. Em suas palavras, "I don't understand them. To me, that´s not literature." Ao menos ele foi sóbrio ao afirmar "para mim". Cormac é no máximo um escritor mediano, em seus melhores momentos. Proust foi um gênio. Dá para levar a sério alguém que diz tamanhas asneiras?

2 comentários:

Claudio Eugenio Luz disse...

Bem, para ELE talvez não seja realmente literatura ou somente é literatura aquilo que ele consegue compreender.Graças à Deus a humanidade não depende exclusivamente da opinião dele; caso contrário, o que seria literatura para ele?
.
hábraços
.
claudio

marilia disse...

..Proust pode ser literatura mas é entediante. Todo mundo que quer ser escritor precisa ler e gostar das mesmas coisas? O Carlito Azevedo diz que todo escritor de verdade gosta de pelo menos um escritor medíocre. Pq ser mediano, medíocre é gostar do que td mundo gosta ou aprova.