21 de março de 2006

Ontem choveu muito em São Paulo. A cidade um caos. O trânsito idem. Talvez por isso o Nelson de Oliveira, o Claudio Willer, o Álvaro Alves de Faria não puderam ir. Aliás, foi muito pouca gente no lançamento de meu livro. Carla Dias, a escritora, por lá. O poeta Arino Peres e sua gentil esposa, a Nicia Ogawa e alguns outros gatos pingados. Dei prejuízo pra FNAC, tenho certeza. Acredito que quem não compareceu ao lançamento ainda tenha tempo de adquirir o livro em alguma loja da FNAC, ou em outras tantas nas quais o livro está sendo vendido. Minha fama de escritor maldito está cada vez mais forte, tenho de puxar mais o saco dos "grandes" contemporâneos, dos noventa. Ou dar um tempo com os lançamentos nos próximos vinte anos...

4 comentários:

Renata Miloni disse...

Whisner, querido, eu quase fui! Mas se eu tivesse ido, chegaria quando o lançamento já tivesse acabado. Mil perdões! Queria tanto ter ido!
Você tem fama de escritor maldito? Não sabia disso.
Você não precisa puxar o saco de ninguém. E nem dar um tempo com os lançamentos. Você tem é de lançar tudo o que quiser e puder.
Eu entendo a decepção, mas avaliar tua fama, se deu prejuízo ou não, se não deve lançar em 20 anos baseado numa segunda-feira de chuva, é pedir isso que você está sentindo.
Whisner, você sabe que eu não li taaaaanta coisa tua, mas você é um dos POUCOS melhores. E você sabe disso. Por isso, ficou assim. Desculpe a sinceridade e dizer tanto, mas uma pessoa como você não deve alongar esse sentimento de agora. Foi um dia de muita chuva na Paulista. E eu, que te conheço há um tempinho já e queria demais ter ido? A chuva me decepcionou. Eu fiquei um tanto inconsolável. E era o caos de segunda. Sim, você precisa pensar nisso, mas precisa pensar MUITO MAIS nessa literatura fodida que você faz. Não tem igual, não tem nem parecido. Não faça isso contigo. Você não tem fama de nada, só se for de "causador de inveja e calafrios".

Eu acredito em você. E te admiro imensamente.

Um abraço aperto!

whisner disse...

ah, renata, não foi um desses arroubos de vaidade não. só fiquei preocupado mesmo com a questão financeira... rsrsrs
preciso falar com vc. me mande um email: whisnerfraga@yahoo.com.br
grato pela mensagem!

Renata Miloni disse...

Não, mas isso não mexe com a vaidade, Whisner. Mexe com algumas perspectivas. Eu nunca escrevi o suficiente para publicar, mas eu sei como são essas coisas.
Mando e-mail, sim, querido!
Um beijo!

Claudio Eugenio Luz disse...

Meu caro, quando ao financeiro, isso é temporario. O dinheiro passa, mas a obra fica. Ontem o Menalton enviou-me um convite para o lançamento de seu último livro. Ora, outra oportunidade por mim perdida. Mas sei, mesmo não estando presente, o valor de seus escritos: assim como a força de tua cidade.

hábraços

claudio